quinta-feira, 26 de maio de 2022

Horário escolar não favorece aprendizagem, diz neurocientista

 

Acordar às 6h da manhã, todos os dias, e ter concentração e disposição para aprender é uma tarefa que exige mais que disciplina. É preciso ter tido horas suficientes de sono para que o organismo consiga ser produtivo nas primeiras horas do dia. E isso quem diz é a neurociência, cada vez mais inteirada de como funciona e como aprende o cérebro humano.

Dormir mal é ruim, mas dormir pouco, ainda que esse sono seja de qualidade, não é solução, afirmam especialistas. E isso não vale apenas para aprender melhor no dia seguinte, mas também para consolidar os aprendizados com que se teve contato ao longo do dia anterior. O doutor em neurociência Fernando Louzada explica que “a consolidação da memória depende de boas noites de sono. O cérebro, ao contrário do que se pensava, não desliga quando dormimos, mas permanece ativo. Essa atividade cerebral está a serviço, dentre outras coisas, da consolidação da memória e das nossas experiências”.

Do ponto de vista da pedagogia, a observação empírica confirma o que a ciência hoje começa a provar metodologicamente: crianças que dormem bem aprendem melhor. Para a consultora pedagógica do Sistema de Ensino Aprende Brasil, Vanessa de Souza Fernandes, esse é um fato com o qual os professores já estão acostumados. “Muitas vezes, crianças que não têm um bom desempenho escolar são justamente aquelas que parecem sonolentas durante boa parte do dia. Isso pode acontecer por uma série de fatores, mas é ponto pacífico que a qualidade do sono influencia diretamente a aprendizagem”, opina. Louzada vai além: observar as horas de vigília, ou seja, quando se está acordado, dá pistas importantes para identificar a qualidade do sono. “Quando a criança está sonolenta ou irritada, esses podem ser sinais de que ela não está dormindo adequadamente.”

Horário escolar pode estar prejudicando aprendizado

Embora o horário de aulas seja o mesmo há décadas, ao menos no Brasil, já não são poucos os especialistas que dizem que ele está prejudicando a qualidade do ensino. De acordo com um levantamento da Academia Americana de Pediatria, cerca de 28% dos estudantes pegam no sono durante as aulas pelo menos uma vez por semana. Além disso, 20% deles também dormem enquanto fazem as tarefas escolares. Para a instituição, as aulas do período matinal deveriam começar pelo menos às 8h20.

Não há um padrão de sono que deva ser seguido por todas as pessoas, invariavelmente. Isso muda de acordo com a faixa etária e com o ritmo individual. Adultos, por exemplo, precisam em média de oito horas de sono por noite, enquanto adolescentes precisam de cerca de nove horas. Mas isso é uma média. O problema com o horário da escola é que ele é o mesmo para todos, independentemente do ritmo pessoal. “Se o adolescente precisa dormir em média nove horas diárias e a escola o obriga a estar lá às 7h ou 7h30 da manhã, então ele vai acordar às 6h e deveria ir dormir por volta das 21h. Sabemos que isso é impossível. Eu não conheço nenhum adolescente que durma nesse horário”, ressalta Louzada. Ir dormir tão cedo ficou ainda mais difícil depois das telas e redes sociais.

Mas nem tudo está perdido, segundo o especialista. Para melhorar as condições de aprendizagem, mesmo sem poder contar com uma mudança imediata no horário de aulas, algumas medidas podem ser adotadas. A primeira delas é criar um ambiente tranquilo à noite, com pouca iluminação e poucos estímulos, como telas, filmes ou séries. Estabelecer uma rotina também ajuda, principalmente com crianças pequenas. Louzada ainda indica conversar com os estudantes sobre a importância do sono e tentar ajustar os horários de repouso para aqueles em que a criança ou adolescente consegue descansar melhor.

Fernando Louzada participa do episódio 43 do podcast PodAprender, produzido pela Editora Aprende Brasil, cujo tema é “A influência do sono no aprendizado”. Todos os episódios do PodAprender estão disponíveis gratuitamente no site do Sistema de Ensino Aprende Brasil (sistemaaprendebrasil.com.br), nas plataformas Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts e nos principais agregadores de podcasts disponíveis no Brasil.

Galeria Poty Lazzarotto: Curitiba ganha novo espaço cultural

 

Quando o Curso Positivo completou 25 anos, em 1996, o artista plástico curitibano Poty Lazzarotto retratou a trajetória de seus alunos com um mural em uma das unidades. Os 18 módulos mostram a vida escolar, desde o Ensino Básico até a preparação para o Ensino Superior. Agora, ao comemorar mais de 50 anos de história, a instituição inaugura a Galeria Poty Lazzarotto, com as mesmas obras, totalmente restauradas. O espaço fica na sede mais central, na avenida Vicente Machado, em Curitiba, e está aberto à visitação do público.

A inauguração da galeria reuniu, no último dia 17, mais de 100 pessoas, entre elas a secretária municipal da Educação de Curitiba, Maria Silvia Bacila, a superintendente geral da Cultura do Paraná, Luciana Casagrande Pereira, representantes da família do artista, outras autoridades, imprensa e demais convidados. "Para nós é uma grande honra poder sediar esse espaço com obras desse grande artista, que marcou época não apenas em Curitiba, mas em todo o mundo", destacou Renato Ribas Vaz, diretor do Curso Positivo.

Sobre a Galeria Poty Lazzarotto
A estrutura do mural se destaca pela harmonia e as tonalidades de pastel como fundo. Amarelo, salmão, cinza-azulado e creme destacam a pintura em preto. Os painéis foram executados pelo também artista plástico e cenógrafo paranaense Bira Paes, a partir da projeção dos originais de Poty, sobre os painéis de madeira. Na época, os dois dirigiram todo o processo e acompanharam de perto a instalação dos painéis na antiga sede do Curso Positivo.

No primeiro painel é possível ver um autorretrato de Lazzarotto no processo de criação do mural. O croqui em suas mãos tem a logomarca da instituição de ensino e a janela mostra a paisagem paranaense, onde nasceu o Curso Positivo. Nos painéis seguintes estão as atividades esportivas e artísticas em diferentes modalidades. A largada de uma corrida representa o esporte, e também o vestibular. Os candidatos, lado a lado, buscam uma vaga na universidade. A cena seguinte enfatiza as pernas dos candidatos, demonstrando precisar de "muita perna", isto é, de muita determinação para vencer esta corrida. A mão com o gesto de Positivo significa o resultado conquistado. O painel final mostra a entrada na Universidade Federal do Paraná, a mais tradicional instituição de ensino superior do Estado.

SERVIÇO
Galeria Poty Lazzarotto
Local: Curso Positivo - Rua Vicente Machado, 317, Centro, Curitiba/PR
Horário de Funcionamento: 8h às 19h
Entrada Franca, mediante agendamento
Mais informações e agendamento de visita: 3232-4011

MOVIMENTE-SE PELO HOSPITAL PEQUENO PRÍNCIPE! Participe da causa e cuide da sua saúde!


Hoje eu vim falar sobre uma ação muito importante: o Movimente-se pelo Hospital Pequeno Príncipe. O evento, que incentiva a prática de atividade física, está com uma edição especial de combate à violência contra crianças e adolescentes.

Ao se inscrever, além de apoiar a captação de recursos para o maior hospital pediátrico do Brasil, que destina 60% dos atendimentos para pacientes do SUS, você estará ajudando a proteger e salvar a vida de milhares de meninos e meninas. PARTICIPE: ELES PRECISAM MUITO DO NOSSO APOIO!

Como funciona?

Você se inscreve pelo site do Ticket Sports até o dia 30 de junho adquire um kit lindo, com camiseta, medalha e boné, e toda a renda obtida com as vendas é revertida para o Hospital. Você pode escolher receber seu kit em casa, em qualquer lugar do Brasil, ou retirar no Shopping Mueller se estiver em Curitiba. USE O MEU CÓDIGO CURITIBANAS05 PARA TER DESCONTO.

Com o seu kit, você cuida da sua saúde se movimentando como quiser, e se une ao Hospital Pequeno Príncipe nesse grande MOVIMENTO de combate à violência contra crianças e adolescentes. Vamos, juntos, incentivar a denúncia e ajudar a proteger a vida de milhares de meninos e meninas que sofrem maus-tratos.

Em Curitiba também acontecerá o fechamento presencial da ação, com um aulão especial no dia 24 de julho repleto de atividades, acompanhe o perfil do evento para mais informações @movimentesehpp!

DAJU INAUGURA EM JUNHO MEGALOJA DE R$ 10 MI EM TOLEDO

 

 

Maior loja do Brasil nos segmentos em que atua, a Daju vai gerar aproximadamente 100 empregos diretos e 500 indiretos na cidade

Como parte do seu plano de expansão, a Daju irá inaugurar em junho a megaloja DAJU TOLEDO. A cidade foi escolhida por ser um importante polo regional e pela forma que a empresa tem sido recebida por toda a população de Toledo e região. Esta escolha certamente será um grande sucesso tanto para a Daju, como para a toda a cidade.

O impacto econômico e social será muito positivo, pois conta com um investimento de R$ 10 milhões, e que em breve será um ponto atrativo de compras para a população de Toledo e dos municípios próximos, como Maripá, Nova Santa Rosa, Santa Tereza do Oeste, São Pedro do Iguaçu, Assis Chateaubriand, Tupãssi, Cascavel, Quatro Pontes, Marechal Cândido Rondon, Ouro Verde do Oeste, Palotina e as demais cidades da região oeste do Paraná.

A missão da Daju é melhorar a vida das pessoas, gerando emprego e renda para a região, por isso, com a DAJU TOLEDO serão criados 100 (cem) empregos diretos e até 500 (quinhentos) indiretos, trazendo além da geração de renda, o desenvolvimento dos funcionários, novos negócios com empresas locais e a geração de impostos para a cidade de Toledo.

Nos últimos quatro anos a empresa dobrou o número de lojas físicas, além de abrir um canal de vendas online, que atende todo o Brasil, com o lançamento do seu e-commerce em 2020. E até 2023 a Daju trabalha em um plano de expansão, para abertura de novas lojas, em mais cidades do Paraná e outras regiões do país.

Localizada em uma região central e de fácil acesso, na Av. José João Muraro, 1800 - Jardim Porto Alegre, ao lado do Stock Atacadista, a megaloja DAJU TOLEDO contará com uma estrutura de 4.700 m², e mais de 140 vagas de estacionamento gratuito, para garantir maior conforto e segurança da população de Toledo e região que visitarem a megaloja.

“A nossa missão é gerar empregos e melhorar a vida dos nossos clientes, este é o grande combustível para esse crescimento. E a abertura de novas lojas, com a expansão para outras cidades são prova disso. Estou muito feliz com a escolha de Toledo, uma cidade tão importante para o Paraná e que nos acolheu tão bem”, afirma o proprietário da Daju, Roger Karsten Lorenz.

Sobre a Daju

Empresa consolidada no varejo, com 39 anos de mercado, a Daju é a maior loja do Brasil nos segmentos em que atua. Especializada em cama, mesa, banho, tapetes, cortinas, decoração, utilidades e muito mais, a Daju possui uma variedade de mais de 100 mil produtos.

Sempre priorizando a satisfação de seus clientes, a Daju busca transformar a experiência de compra em algo inesquecível, valorizando cada etapa da vida das pessoas, com

produtos que passam por todos os ambientes da casa, da vida das pessoas e representam os melhores momentos juntos.

A Daju é uma loja para toda a família, pois tem produtos que agradam todas as idades. Sabe aquela loja aconchegante, bonita, espaçosa, que é ponto de encontro e de passeio do final de semana perfeito em família? Essa é a Daju! Que tem como essência, servir com muito zelo e carinho toda a família.

E a experiência de compra torna-se ainda mais prazerosa, pois ao chegar na loja o cliente recebe um atendimento humanizado, com vendedores especializados e prestativos, que atendem cada cliente de forma personalizada. As lojas são espaçosas, com os produtos organizados de forma intuitiva e simples, facilitando o momento de compra dos clientes.

Além do destaque na estrutura e no atendimento, a Daju também se destaca pela qualidade dos produtos e o menor preço praticado no mercado, prova disso, é que a empresa oferece a garantia do menor preço ou a diferença em dobro.

Toda essa experiência positiva dos clientes é reflexo da forma como a Daju trata seus colaboradores, onde o foco nas pessoas é fundamental. A empresa investe em treinamento, pois entende que a empresa é feita de pessoas para pessoas, e esta relação precisa ser positiva para ambos, pois cada colaborador, em cada atendimento, reflete os valores e a visão da Daju.

E o resultado é que em 2020, a empresa conquistou a certificação GPTW (Great Place to Work), sendo certificada como uma das melhores empresas para trabalhar. Esta conquista aponta que a Daju está no caminho certo, onde o foco na expansão nunca foi tão importante como agora.

Além de suas lojas físicas, a Daju atende todo o Brasil através do seu e-commerce. Para saber mais sobre a Daju, acesse o site daju.com.br ou através das redes sociais no endereço @daju.oficial no Facebook e Instagram.

A data oficial da inauguração da megaloja DAJU TOLEDO, será divulgada em breve.





Fonte: Cris Osike Nova Comunicação

terça-feira, 24 de maio de 2022

Cinco exercícios físicos recomendados para idosos

 


Com o passar dos anos, o corpo tende a sentir os efeitos da idade e a prática de atividades físicas na terceira idade pode ajudá-lo a se manter ativo. Os exercícios físicos são importantes para promover a sensação de bem-estar, fortalecer os ossos, o sistema cardiovascular e, também, para prevenir doenças como diabetes e osteoporose.


O professor da academia UPX Sports, Rafael Correa, destaca que outro benefício proporcionado pelos exercícios é a saúde mental. “Socializar, sair de casa para ir até um parque, caminhar e respirar ar fresco trazem uma melhora tanto para o corpo quanto para a mente”, afirma.


O profissional de Educação Física indica cinco exercícios físicos que trazem benefícios para a terceira idade:

Musculação: naturalmente, após os 50 anos, o corpo passa a perder massa muscular. “A ideia da musculação é manter a massa magra, e os treinos mantêm a massa muscular mais saudável e alinhada com a estrutura do corpo, fortalecendo os ossos, ligamentos e articulações”, indica.

Alongamento: segundo o professor, a vantagem do alongamento é que dá para fazer em qualquer lugar, inclusive em casa. “De 10 a 15 minutos por dia é possível fazer diversos exercícios de alongamento, que ajuda a aumentar a flexibilidade e o equilíbrio, diminuindo os casos de encurtamento e melhorando a postura”, instrui.

Caminhada: com uma caminhada regular de 30 minutos diários já é possível prevenir doenças e diminuir o risco de AVC, segundo Correa. Há melhora também nos níveis de colesterol, prevenindo a diabetes. “Outra vantagem da caminhada é que pode ser feita em qualquer lugar, ao ar livre e, ainda, gratuitamente'', ressalta.

Natação: de acordo com Rafael, a natação na terceira idade diminui os sintomas de Alzheimer, auxiliando na parte cognitiva. “É preciso pensar na execução do movimento, na braçada, no bater das pernas, usando bastante o raciocínio”, explica. Segundo ele, a natação também fortalece os sistemas respiratório e cardiovascular.

Hidroginástica: a hidroginástica também ajuda a melhorar o sistema cardiovascular, faz bem ao ritmo cardíaco e diminui o risco de diversas doenças. “É indicada para quem tem osteoporose e artrose, por exemplo, porque não tem o impacto, como na caminhada, além de ser possível trabalhar praticamente todos os músculos. Por ser uma aula coletiva, também se torna uma atividade descontraída e um momento de socialização para o idoso”, finaliza.